16/03/17

O Diário de Anne Frank

Todos já ouviram falar de Anne Frank, a menina judia cujo diário, escrito durante a Segunda Grande Guerra, foi publicado após a sua perversa e impiedosa morte num campo de concentração nazi.
O diário de Anne Frank. Quem de vós não o conhece? Pois esta é uma das obras estudadas no 8º ano e foi neste contexto que os alunos da escola das Furnas foram desafiados a redigir uma página de diário.

A que se segue foi lida na aula e houve quem ficasse arrepiado!


segunda-feira, 6 de março de 2017

Estávamos na aula de Português a falar sobre um texto que lemos, “Os bombardeamentos de Dresden”, e havia alturas em que eu parava para pensar como eram aqueles dias, se eram dias de sol ou dias de chuva. Por um lado, gostaria de estar lá e ver tudo, fazer aquelas cenas como nos filmes, mas, por outro lado, tinha medo, medo que acontecesse algo, algo que não me saísse da memória, algo de aterrador, como bombas a cair em cima de pessoas, pernas para um lado, braços para o outro… tinha medo de tudo. Porém, a curiosidade era mais forte! Queria viver naquele tempo, mas como se fosse imortal, como naqueles filmes que têm os robots que podem levar com tudo e nunca morrem. Queria ser um desses, queria voltar ao passado e queria ver o futuro, queria ser diferente para acabar com os racismos e preconceitos, com tudo o que houvesse de mal no mundo.

Ana Luísa Silva Cardoso, nº 2, 8º 1 - EB 1,2,3/JI das Furnas

Sem comentários: